Meghan Markle e Harry de Inglaterra

Meghan Markle e Harry de Inglaterra

Getty Images

Menos de duas semanas depois de ter anunciado ao mundo que pretendia afastar-se da família real britânica para viver uma vida mais tranquila e longe dos olhares indiscretos e da sua vontade já ter sido aceite pela avó, o neto da rainha Isabel II não conseguiu esconder a emoção ao fazer o seu primeiro discurso oficial.

>> Harry e Meghan: Revelados os pormenores da reunião que deixou a duquesa de fora

Rainha Isabel II, Meghan Markle e príncipe Harry

Rainha Isabel II, Meghan Markle e príncipe Harry

Getty images, Chris Jackson

Harry marcou presença num evento da associação de caridade Sentebale, que apadrinha, em Londres e sentiu a necessidade de se justificar. “Antes de começar, devo dizer que imagino o que vocês têm ouvido ou lido nas últimas semanas. Então, quero que ouçam a verdade vinda de mim, tanto quanto eu puder compartilhar, não como um príncipe ou um duque, mas sim como Harry, as mesmas pessoas viram crescer nos últimos 35 anos, mas com uma perspetiva mais clara”, começou por dizer.

>> Príncipe William quebra o silêncio e revela o que sente depois do afastamento do irmão

William, Harry, Meghan Markle e Carlos de Inglaterra

William, Harry, Meghan Markle e Carlos de Inglaterra

Getty Images

“O Reino Unido é minha casa e é o lugar que eu mais amo. Isso nunca mudará. Eu cresci a sentir o vosso apoio e vi como receberam a Meghan de braços abertos ao ver-me encontrar o amor e a felicidade que eu esperava. Finalmente, o segundo filho de Diana foi 'apanhado'! Viva! Sei que vocês me conhecem suficientemente para acreditarem e confiarem que a mulher que escolhi como esposa tem os mesmos valores que eu. É a mulher por quem me apaixonei. Nós fazemos de tudo para hastear a bandeira e cumprir os nossos papéis com orgulho. Quando eu e a Meghan casámos, ficámos empolgados, esperançosos e estávamos aqui para vos servir”, explicou ainda, antes de assumir estar “muito triste” por nem sempre as coisas terem corrido como planeou.

>> Harry e Meghan deixam mensagem de parabéns a Kate Middleton e são alvo de críticas

Meghan Markle e o príncipe Harry de Inglaterra deram as boas-vindas ao pequeno Archie.

Meghan Markle e o príncipe Harry de Inglaterra deram as boas-vindas ao pequeno Archie.

Reprodução Instagram, DR

“A decisão que tomei de eu e a minha esposa recuarmos não foi tomada de ânimo leve. Foram muitos meses de conversas depois de tantos anos de desafios. E eu sei que nem sempre fiz bem as coisas, mas no que diz respeito a isto, realmente não havia outra opção. O que eu quero deixar claro é que não estamos a ir embora, certamente que não. A nossa esperança é continuar a servir a rainha, a comunidade e as minhas associações, mas sem o financiamento público. Infelizmente, não foi possível que assim fosse. Aceitei, sabendo que isto não muda quem eu sou e o quanto eu estou comprometido com as minhas causas. Espero que isto vos ajude a entender o que aconteceu. Afastei-me da minha família e de tudo o que já conheci para dar um passo à frente e espero conseguir ter uma vida mais pacífica. Mas é uma honra servir a rainha e o meu país”, acrescentou.

>> Príncipe Harry afasta-se oficialmente da família real por amor a Meghan Markle

Diana com os dois filhos, Harry e William

Diana com os dois filhos, Harry e William

Getty Images

Nesta ocasião especial, Harry recordou ainda um dos momentos mais marcantes da sua vida: a morte da mãe, Diana de Gales, num trágico acidente de viação em Paris, em agosto de 1997: “Quando perdi minha mãe, há 23 anos, vocês abraçaram-me, cuidaram de mim! Mas os media são uma força poderosa e a minha esperança é que um dia a nossa força possa ser mais poderosa, porque isso é muito maior do que nós”.

>> Após decisão polémica dos duques de Sussex, meia-irmã de Meghan Markle reage: “É uma chapada na cara”

Harry de Inglaterra

Harry de Inglaterra

Getty Images

O filho mais novo do príncipe Carlos encerrou o discurso com um agradecimento pelo apoio que os britânicos sempre lhe deram, embora nem sempre tenha tido o melhor dos comportamentos, nomeadamente na adolescência, quando fez várias manchetes devido ao consumo de álcool e drogas e à sua vida boémia. “Foi um privilégio servi-los e pretendemos continuar a fazê-lo. Também foi um privilégio conhecer muitos de vocês e sentir o vosso entusiasmo com o nosso filho Archie, que viu neve pela primeira vez no outro dia e achou que era muito brilhante! Vou ter sempre o maior respeito pela minha avó, a minha comandante, e sou-lhe muito grato, a ela e ao resto da família, pelo apoio que deram a mim e à Meghan nos últimos tempos. Vou continuar a ser o mesmo homem, que ama o seu país e dedica a sua vida a apoiar causas, instituições de caridade e comunidades militares, que são tão importantes para mim. Vocês ensinaram-me muito sobre a vida. Este papel ensinou-me aquilo que é certo e coisas que jamais poderia imaginar. Estamos a dar um salto de fé. Obrigado por me darem coragem e aceitarem isto. Próxima etapa!”, concluiu.

VEJA O VÍDEO: