Gordon Ramsay e Danny Veltri

Gordon Ramsay e Danny Veltri

D.R.

Danny Veltri tinha apenas 23 anos quando, em 2009, entrou pela primeira vez na cozinha do Hell’s Kitchen, na quinta temporada da edição norte-americana do formato, apresentada por Gordon Ramsay, e rapidamente se destacou. A sua idade fez com que, numa fase inicial, não fosse visto como uma ameaça pelos colegas que o consideravam “arrogante” e com demasiada confiança.

>> BATIDO DE TRIPAS DE PEIXE? FETO DE PATO? EIS OS PIORES CASTIGOS DE GORDON RAMSAY EM 'HELL'S KITCHEN'

Certo é que ao longo das semanas foi conquistando o seu lugar na cozinha do implacável chef britânico, que nunca lhe poupou críticas. Apesar disso, Danny Veltri não desanimou e os conhecimentos que adquiriu durante o programa acabaram por lhe dar a vitória. Na final, Ramsay referiu mesmo que o jovem merecia o primeiro lugar “pelo crescimento inacreditável num tão curto espaço de tempo”.

>> HELL’S KITCHEN: CONHEÇA A HISTÓRIA DO ‘CHEF’ QUE PERDEU DEZ QUILOS EM SETE DIAS E FOI FORÇADO A ABANDONAR A COMPETIÇÃO

Danny Veltri

Danny Veltri

D.R.

Natural do estado norte-americano da Florida, Veltri mudou-se para New Jersey depois da conquista para trabalhar como chef principal num restaurante de renome, tudo pela mão do apresentador do programa. A experiência não terá corrido da melhor forma e acabou infeliz, no papel de sous-chef. “Era um entre muitos outros e os colegas não aceitaram a forma como ele conquistou aquele lugar. Todos tinham percorrido um longo caminho até chegar ali e ele tinha conseguido o lugar sem esforço. Acabou por desistir e regressar a casa”, explica um antigo funcionário do famoso restaurante Forneletto, no Casino Borgata, em Atlantic City.

>> PARTIU O PULSO E CONTINUOU A COZINHAR ATÉ VENCER O HELL'S KITCHEN

Foi nessa altura que, já de regresso à sua terra natal, abriu a sua empresa, Back From Hell Catering, um nome claramente escolhido com base na sua recente participação na experiência televisiva. O projeto também não durou muito e Veltri acabou a trabalhar num pequeno restaurante de praia onde as especialidades eram os grelhados. Passou depois por outros restaurantes com mais visibilidade, mas em 2012 foi detido por conduzir alcoolizado. O TMZ relatou o incidente da seguinte forma: “Após lhe ter sido recusada a venda de bebidas alcoólicas numa estação de serviço, acabou por adormecer ao volante com o carro a trabalhar”. Acabou por ser libertado mediante o pagamento de uma caução. Desde então, não voltou a ser notícia na imprensa norte-americana.