Apesar de falhar frequentemente em provas individuais e nos desafios, Dave Levey era provavelmente o cozinheiro mais consistente no serviço de jantar do maior restaurante do mundo: o Hell’s Kitchen com Gordon Ramsay. A propósito da adaptação portuguesa, pelas mãos de Ljubomir Stanisic, o site do Fama Show conta-lhe o momento duro que o concorrente atravessou e que o transformou no sexto vencedor do formato.

»» Michael Wray: A tragédia do primeiro vencedor do Hell’s Kitchen que viveu na rua

Amistoso e carismático, Dave Levey destacou-se no início da competição, mas tudo mudou no terceiro episódio do concurso em 2009. Depois da sua equipa perder numa prova, a tarefa era simples mas longa: limpar um camião. Dave ficou com a mão presa no veículo, magoando-se. Abordou a situação de forma discreta pedindo apenas um pequeno saco de gelo.

Além de uma rotura de ligamentos, Dave tinha fraturado o pulso. O gesso teve que ser mantido durante duas semanas e não podia usar o seu polegar esquerdo para cozinhar. Com medo de sair da competição mostrou-se inabalável numa conversa frontal com Gordon Ramsay. A partir daí fez magia apenas com um braço.

Dave Levet, dez anos depois.

Dave Levet, dez anos depois.

Reprodução Instagram, DR

"O bandido com um braço"

»» Hell’s Kitchen: Ana Sofia já domina o crème brûlée, mas ainda vê Ljubomir na sua cozinha

Foi essa a alcunha que recebeu de Gordon Ramsay. Com perseverança e dor, muita dor, Dave não arranjou desculpas e foi impressionando contra todas as expectativas conquistando o lugar na final, onde acabou por vencer.

"Não acredito que ganhei, é um sonho concretizado (...) Tive tanta dor durante várias semanas e tive de lutar para continuar. Mas não mudaria nada", sublinhou no momento da vitória.

Arrecadou quase 210 mil euros e uma posição num restaurante aclamado no Canadá durante os Jogos Olímpicos de Inverno. Quando lá chegou não ficou no posto prometido e, um ano depois, regressou à cidade natal em New Jersey, nos Estados Unidos.

Sem uma presença ativa nas redes sociais, o chef trabalha num café discreto como padeiro e pasteleiro.