Os últimos meses não têm sido fáceis para Ellen Degeneres e para a sua reputação. Onze funcionários (já existem mais relatos) revelaram ter sido alvo de alvo de racismo, assédio, bullying e intimidação durante o trabalho no programa e desde então algumas personalidades vieram a público defender a apresentadora, sem se livrarem das críticas.

Ellen deixou um pedido de desculpas e implementou mudanças no seu programa. Agora, foi a vez de Mariah Carey recordar uma entrevista constrangedora com a humorista.

Em 2008 surgiam rumores que a cantora estava grávida e Ellen Degeneres sabia disso quando convidou Mariah Carey. Na entrevista que pode ver acima, a cantora é pressionada para dizer se está grávida e, quando recusa comentar, apresentadora serve-lhe champanhe.

Mariah Carey

Mariah Carey

Amy Sussman

"Eu não acredito que fizeste isso comigo, Ellen", confessou durante a entrevista. A apresentadora disse :"vamos brindar ao facto de não estares grávida, caso não estejas".

Maria aceitou, mas pediu desculpas por não beber a bebida, brincando que não o faz antes das três da manhã. A apresentadora acaba por revelar que cantora está de facto grávida, sem o seu consentimento. Meses depois, Mariah teve um aborto.

"Eu estava extremamente desconfortável com esse momento", começa por dizer à Vulture. "É tudo o que eu posso dizer. E tive um momento difícil ao lidar com as consequências disso. Não estava pronta para contar a ninguém porque já tinha tido um aborto", sublinhou.

Na entrevista, a cantora afirma que esperava mais empatia por parte da apresentadora, contando que não gostou daquele momento. "O que podia fazer naquela situação?", lembrou, sentindo-se encurralada.

Mariah é mãe de um rapaz e um rapariga, gémeos, com 10 anos.