Meghan Markle

Meghan Markle

Max Mumby/Indigo

Meghan Markle completou esta terça-feira, dia 4 de agosto, mais um ano de vida. A atriz fez 39 anos, mas este ano não tem sido fácil. Os quatro meses na sua nova casa em Los Angeles, na Califórnia, têm sido árduos: desde a pandemia do novo coronavírus até aos processos em tribunal em relação à privacidade da família.

Apesar da situação atual, a mulher do príncipe Harry não deixou que a Covid-19 acabasse com os seus planos. "Ela quer ter uma festa de arromba com todos os seus amigos. É também o último aniversário na casa dos 30 anos, por isso ela vai garantir que irá ser o mais memorável", terá dito uma fonte ao 'In Touch'.

"Se pensa que o chá de bebé de Meghan foi extravagante, não é nada comparado com esta festa. Ela está a ser uma diva total", adiantou ainda, referindo que a festa irá durar três dias e custará cerca de 170 mil euros.

>> Depois de abandonar família real, Meghan Markle recebe os parabéns de William e Kate

A aniversariante tem uma longa lista de desejos, incluindo um conjunto estrito de regras para os convidados, o que os está a deixar muito irritados - e a deixar Harry "em estado de pânico". "Ela exigiu que os convidados fizessem testes de despistagem ao novo coronavírus, assinassem acordos de não divulgação e entregassem os telemóveis à entrada, para evitar que sejam divulgadas fotos do evento", contou a fonte próxima da duquesa à publicação.

Além disso, os convidados ainda receberam ordens do que oferecer a Meghan: algo como joalharia e roupas de designers.

"Irá haver tratamentos de spa, refeições confeccionadas por o melhor chef da Califórnia e o champanhe mais caro. E Meghan quer que todos usem gravata preta à noite", explicou, acrescentando ainda que a atriz falou também com estilistas para encontrar um vestido de festa de alta costura.