Getty Images

É oficial: Iker Casillas diz definitivamente adeus aos relvados, pouco mais de um ano depois de ter sofrido um enfarte do miocárdio que o impediu de voltar à competição. Esta terça-feira, 4 de agosto, o ex-guarda-redes do Futebol Clube do Porto e do Real Madrid, deixou uma emotiva mensagem nas redes sociais onde dá conta que "chegou o momento de dizer adeus".

"Hoje é um dos dias mais importantes e também mais difíceis da minha vida desportiva", começou por escrever. "O meu percurso no mundo do futebol começou há 30 anos, foi um caminho longo e, como todo o caminho, teve momentos bons e menos bons, alegrias e também tristezas. Neste momento da minha vida posso dizer, sem sombra de dúvida, que valeu a pena", continuou.

"Hoje é um dia difícil, mas não um dia triste. Considero-me um sortudo por ter chegado aqui, por como cheguei, por ter conquistado tudo o que conquistei, por tudo. Estou feliz", referiu um dos jogadores mais titulados do mundo.

>> EIS AS PRIMEIRAS IMAGENS DAS FÉRIAS DE SARA CARBONERO E IKER CASILLAS NO ALGARVE

Casillas não esqueceu ainda o Real Madrid, emblema que representou durante grande parte da sua carreira, e o Futebol Clube do Porto, o último clube onde jogou. "Ao Real Madrid, onde passei toda uma vida, que me educou, viu-me e fez-me crescer, por me inculcar os seus valores e fazer de mim o que sou. E ao FC Porto por me acolher como o fez, por me ensinar a ver as coisas desde outro ângulo, por me dar a oportunidade de conhecer bem um clube e uma cidade pelos quais me apaixonei e que sempre levarei no coração. Sereis sempre parte de mim", frisou.

"Tenho a certeza de que não é um ponto final, a viagem não acaba aqui. Isto continua", rematou.