Reprodução Instagram, DR

O último ano não tem sido fácil para Ágata. A artista viu o seu filho velho mais ser condenado por abuso sexual de uma menor (saber mais aqui), lutou contra o cancro e viu terminar o seu casamento com Francisco Carvalho.

Mais recentemente, Ágata abriu o coração no programa de Júlia Pinheiro e revelou que foi traída pelo ex-marido, com quem esteve casada mais de 20 anos.

>> Em lágrimas, Ágata fala sobre a traição do marido e o marido: "Estive sempre sozinha <<

Entretanto, em entrevista à revista VIP, a artista voltou a pronunciar-se sobre a traição e admitiu algumas mágoas em relação a Francisco Carvalho.

"Tal como nas histórias, que têm o “e foram felizes para sempre”, eu também vivi esse sonho. Nunca pensei em desistir de alguém que sempre foi tão especial para mim, mas existem situações que não conseguimos digerir, e o que tem que ser tem muita força. Às vezes, há males que vêm por bem, e temos que ver sempre o lado positivo das coisas", afirmou.

>> Fãs mostram-se preocupados com Ágata: "Magreza extrema" <<

A cantora justifica a traição do ex-marido com a distanciamento que muitas vezes existia entre o casal. "Somos seres humanos fracos e sensíveis. Provavelmente, o Francisco estava carente e não soube lidar com a situação. Passámos muito tempo sozinhos, eu cá [Lisboa] e ele lá [Chaves], por motivos pessoais e profissionais", disse, lamentando, porém, tudo o que aconteceu: "É difícil quando se ama. Eu sempre confiei nele e nunca pensei ter este desfecho".

Ainda assim, Ágata não fecha as portas ao amor. "Amar é uma realidade necessária e um dia quem sabe o que poderá acontecer", frisou.