Maria João Abreu com o pai

Maria João Abreu com o pai

Instagram

Maria João Abreu está ainda a aprender a lidar com a ausência do seu pai, José António de Almeida, que morreu há cerca de três meses vítima de Covid-19. Sem esconder o quão difícil tem sido enfrentar esta perda, mantendo o seu ritmo de vida normal, que inclui gravações da série de humor Patrões Fora e da nova novela da SIC, A Serra, com estreia prevista para a próxima segunda-feira, dia 22 .

“Ainda me magoa muito tê-lo perdido. Penso muito nele e, quando chego a casa, à noite, ainda choro”, começou por contar a atriz à revista TV Guia. “Gravo a novela, de segunda a sexta, e ao fim de semana estou com o João [Soares]. No domingo, vi o meu filho e os meus netos pela janela, mas não é definitivamente a mesma coisa. É muito duro, especialmente quando se está de luto”, acrescentou, antes de enaltecer o apoio fundamental que tem recebido do marido: “Quando estou mais em baixo, basta ele puxar-me para o seu lado e abraçar-me, que já ajuda. Mas continuo a chorar, mesmo depois destes meses”.

>> Recorde aqui a mensagem emocionada que a atriz deixou nas redes sociais depois da morte do pai.