Karwai Tang

Desde que casaram em maio em 2018, o príncipe Harry e Meghan Markle deixaram claro que iriam fazer as coisas à sua maneira. É tradição da família real permitir que o público veja o bebé poucas horas após o nascimento, mas o casal optou por ir contra essa tradição.

A princesa Diana e Kate Middleton deram à luz no mesmo hospital, St. Mary, em Londres, e tiraram fotografias para a imprensa e para os fãs com os recém-nascidos. No entanto, Meghan e Harry planearam um parto em casa, mas como o pequeno Archie estava atrasado duas semanas, o médico aconselhou o parto no hospital.

Meghan deu à luz no hospital privado de Portland na noite de 5 de maio do ano passado. Na manhã do dia seguinte regressam ao Castelo de Windsor sem serem fotografados. O Palácio de Buckingham divulgou "uma declaração às 14h daquele dia, dizendo que a duquesa de Sussex estava a entrar em trabalho de parto, quando na verdade ela teve o filho oito horas antes. Harry e Megan 'brincaram' tanto com a tradição real quanto com a verdade, mas pela primeira vez eles conseguiram enganar a imprensa”, revelou Robert Lacey no livro 'Battle Of Brothers: William and Harry'.

A forma super secreta como os duques de Sussex lidaram com o nascimento de Archie terá deixado o príncipe William furioso e como resultado não visitaram o novo sobrinho de imediato. “Por outro lado, a rainha, o príncipe Filipe, Carlos e Camilla apareceram em poucas horas para conhecer o bebé e parece estranho que quando os duques de Cambridge finalmente foram, mais de uma semana depois, eles não levaram George, Charlotte ou Louis para dar as boas-vindas ao seu novo primo", lê-se no livro.

Pool