Max Mumby/Indigo

Um novo livro sobre o príncipe Harry e Meghan Markle tem gerado muita polémica, uma vez que fala sobre muitas coisas que supostamente a família real britânica não quer que se torne publico.

Depois de revelar que a duquesa de Sussex tem o sonho de se tornar presidente dos Estados Unidos, segundo a jornalista Colin Campbell, autora de ‘Meghan and Harry: The Real Story’, Meghan só foi aceite por Isabel II e os outros familiares da monarca devido à sua identidade birracial, uma vez que a mãe é negra e o pai é branco.

A identidade biracial da Meghan fez a monarquia refletir sobre um Reino Unido multirracial e multicultural de maneira que não teria ocorrido caso fosse uma atriz californiana branca. Como um príncipe me disse uma vez, ‘não fosse a Meghan uma mulher biracial, eles jamais teriam permitido o casamento. Foi a única coisa a favor dela’”, lê-se, como noticia o Daily Mail.