Meghan Markle quebrou o silêncio que tinha mantido até agora sobre o caso de George Floyd. Num vídeo dirigido aos alunos finalistas da escola que frequentou em Los Angeles, a duquesa confessou o nervosismo que sentiu nos últimos dias em relação a este assunto mediático mundialmente.

"Não tinha a certeza do que vos poderia dizer. Queria dizer a coisa certa e estava muito nervosa por tomar um lado. Mas percebi que a única coisa errada era não dizer nada", começou por revelar.

"A vida do George Floyd importava, a vida de Breonna Taylor importava, a de Philando Castile importava e a de Tamir Rice importava", acrescentou fazendo referência a outras vítimas do racismo. Veja o vídeo completo abaixo.

Recorde ainda que, ainda antes de conhecer Harry, com quem está casada, Meghan Markle participou num vídeo contra o racismo que voltou a ser "ressuscitado" nos últimos dias, veja aqui.