No inicio do ano, Piers Morgan revelou nas redes sociais uma mensagem privada de Meghan Markle. "Em tempos mais felizes... quando Meghan entrou pela primeira vez nas minhas mensagens... acho justo dizer que ela provavelmente não é uma 'grande fã' minha agora", escreveu o comentador no Twitter.

O famoso jornalista, que é conhecido pelas suas declarações polémicas sobre Meghan e o marido, partilhou uma fotografia da mensagem que data o ano de 2015, ou seja, 10 meses antes de conhecer o príncipe Harry em julho do ano seguinte. "Bem, olá, obrigada por me seguir. Grande fã sua!", lê-se.

De acordo com o britânico, a sua relação com Meghan nem sempre foi assim e chegaram mesmo a encontrar-se num bar local em 2016. "Para encurtar a história, passámos o próximo ano a trocar mensagens engraçadas e ela começou a enviar-me os episódios de 'Suits' mais cedo", contou Piers no "Good Morning Britain".

Quando Meghan esteve em Londres para ir ao torneio de ténis Wimbledon da sua amiga Serena Williams, a atriz terá pedido para se encontrar com o comentador. "Ela enviou-me uma mensagem: 'Olá, estou na cidade, queres encontrar-te?' E eu disse: 'Claro, vem ao meu bar local para beber uma cerveja'", disse. Enquanto Piers bebeu cerveja, Meghan terá bebido três dirty martinis, feitos com vodka, e falaram do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Entretanto, o jornalista disse que Meghan desapareceu completamente desde esse dia e por volta dessa altura a atriz conheceu Harry. "Ela conheceu o príncipe Harry num jantar nesta noite, foi a um único encontro na noite seguinte e eu nunca mais ouvi nada dela novamente. Nem uma palavra. Desapareceu".

"Pela minha experiência pessoal, ela é alguém com quem eu pensei ter uma relação amigável e pronto, ela conheceu alguém mais importante e foi isso. E disse a outros membros da série de quem eu era amigo para parar de falar comigo", revelou.

O comentador britânico chegou mesmo a insultar Meghan e a dizer que "é a única mulher na história a transformar um príncipe num sapo", referindo-se ao fato de terem decidido deixar de ser um membro sénior da família real.

Entretanto, depois de Meghan e Harry terem processado alguns jornais como The Daily Mail e Mail on Sunday, Piers disse que levou as coisas longe de mais. "Será que eu penso em controlar a formar como falo deles a partir de agora? Absolutamente. Provavelmente não é sensato sendo um comentador levar as coisas ao nível pessoal", afirmou.