Macaulay Culkin e Michael Jackson

Macaulay Culkin e Michael Jackson

Kevin Kane

Tinha 9 anos quando se tornou amigo de Michael Jackson e chegou, inclusive, a participar no videoclip para 'Black or White', de 1991. Macaulay Culkin foi também uma das crianças que viveu com o cantor no rancho Neverland, algo que gerou muita controvérsia por dormirem na mesma cama que o "Rei da Pop".

Em 2003 disse que as acusações de pedofilia contra o artista eram "ridículas". Dois anos depois, Michael foi acusado de molestar um menino de 13 anos e, durante o julgamento, o ator testemunhou em defesa do artista.

Macaulay, na altura com 25 anos, referiu que nada aconteceu entre os dois e que os pais sabiam da sua relação com a estrela do pop, considerando-a "normal". Essa terá sido a última vez que o ator de 'Sozinho em Casa' viu Michael Jackson, que entretanto acabou por ser absolvido.

>> Ator de "Sozinho em Casa" confessa ter sido vítima de violência por parte do pai

Ao longo dos anos, Macaulay tem vindo sempre a insistir que não tem nada a apontar a Michael Jackson. Numa recente entrevista à Esquire, o ator de 39 anos voltou a falar sobre os alegados abusos sexuais que foram relatados no documentário 'Leaving Neverland'.

"Olha, vou começar com esta fala - que não é uma fala, é a verdade: Ele nunca fez nada comigo. Eu nunca o vi fazer nada. E especialmente neste momento, eu não teria nenhum motivo para esconder isso", garantiu o ator à revista americana. "O homem morreu. Agora seria a altura ideal para falar. Se eu tivesse algo a dizer, dizia. Mas nunca vi nada", acrescentou.

Quando o ator estava na casa de Michael, estes divertiam-se a ligar para as pessoas a imitar vozes. Macaulay mantinha uma forte relação de amizade - mesmo com 22 anos de diferença de idade - com o artista. "Ele procurou-me porque muitas coisas grandes estavam a acontecer muito rápido comigo. E eu acho... Sim, eu acho que ele se identificava com isso", esclareceu.

Recorde-se que Michael Jackson faleceu a 25 de junho 2009.