Debbie Rowe e Michael Jackson

Debbie Rowe e Michael Jackson

Instagram

Que a relação de Debbie Rowe com Michael Jackson não tinha sido convencional já se sabia, mas as declarações da ex-mulher do ‘rei da pop’ não deixam de surpreender. Os dois foram casados entre 1996 e 1999 e Rowe teve dois filhos, Prince Michael Jr. e Paris, mas garante que nunca houve qualquer contacto sexual. “Foi tudo muito técnico. Eu era o puro-sangue dele. O Michael tinha acabado de se divorciar [de Lisa Marie Presley], estava sozinho e queria ter filhos. Fui eu quem lhe disse que teria os filhos dele. Ofereci-lhe o meu útero como prenda. Foi algo que fiz para que ele ficasse feliz”, disse a antiga enfermeira numa entrevista datada de 2009 e agora recuperada a propósito do documentário Leaving Neverland, que traz novamente a público os abusos sexuais a crianças que o músico terá cometido.

Na altura, Debbie Rowe disse ainda que não tinha tido filhos “para ser mãe”, mas sim “para que Michael Jackson fosse pai”. "Não mudei fraldas, não me levantei a meio da noite. O Michael fez tudo", explicou. E a verdade é que as crianças viveram com o pai até ao momento da sua morte, em junho de 2009, e depois ficaram entregues aos cuidados da família paterna, nomeadamente da avó, Katherine Jackson.