Reprodução Instagram, DR

A morte de Pedro Lima no passado sábado, 20 de junho, apanhou todos de surpresa. Liliana Campos, amiga de longa data do ator e madrinha do seu filho mais velho, prestou uma sentida homenagem ao amigo, esta segunda-feira, 22 de junho, no programa Passadeira Vermelha, aproveitando também para pedir respeito pela família deste.

Nas redes sociais, Cláudio Ramos - com quem Liliana Campos dividiu durante vários anos o pequeno ecrã no programa da SIC CARAS - dedicou uma mensagem emotiva à apresentadora, destacando o seu lado bondoso.

"Quem conhece a Liliana como Eu, conhece-lhe o coração. Sou amigo dela. Discordamos muito e tantas vezes mas isso jamais quebrará o que nos liga", começou por escrever.

"Hoje falei com ela ao telefone. Desfiz-me em lágrimas assim que desligou. Está frágil. Tem a dor marcada na garganta a arranhar-lhe tudo por dentro. Uma dor que acumula, porque já há muito tempo que a dor não a desampara", continuou.

"Vê-la publicamente contar a verdade dos factos que se sabem e se podem contar foi talvez a mais bonita homenagem que o Pedro pode ter recebido. Usou a dignidade para a contar. Apelou à bondade. Não falou a apresentadora. Falou a amiga, a comadre, a filha... a vida tem coisas tramadas. Uma delas é que a Liliana achou que tinha a vida toda para tirar fotografias com o Pedro. Achou o que achamos todos quando ousamos dar como garantido qualquer coisa. O melhor, é não darmos nada como garantido e irmos olhando para o álbum e ver se nos faltam fotografias. Nem que sejam de memória. Que é o que nos fica", destacou.

"Um beijo querida amiga. Já mereces alguma tranquilidade. Entretanto lembrei-me que talvez no céu a tua mãe já esteja a preparar um doce para o Pedro. Já que eu não tive o privilégio de os comer. Quando se encontrarem, dirá que está orgulhosa do que te viu fazer hoje por Ele", rematou.