Sean Zanni

Megan Fox volta a estar no centro das atenções depois de ter marcado presença na passadeira vermelha da Met Gala. Depois de deslumbrar nos VMAs com um vestido bem ousado e transparente (saiba mais aqui), o look desta segunda-feira, 13 de setembro, também está a dar que falar.

Durante a cerimónia o Canal E! avançou que o vestido da atriz foi confecionado por mais de 50 pessoas. E terá sido de uma complexidade tão grande que chegou mesmo a ter de ser enviado em diferentes partes para os Estados Unidos da América. Em entrevista à Vogue, Megan Fox, agradeceu às pessoas que trabalharam na peça e disse que podia ser considerado "moda americana" porque "está numa rapariga americana".

Apesar da maioria dos internautas tecerem inúmeros elogios à atriz, há quem critique a origem do vestido referindo-se à exploração dos trabalhadores indianos. "Amo o MET Gala, mas 99% dos presentes no tapete vermelho imagino-os indignados a votar em Biden enquanto Megan Fox (divina) caminha com um vestido bordado por 50 pessoas na Índia. É o evento da hipocrisia", escreveu uma internauta no Twitter.

O vestido, que pode ver em detalhe na galeria abaixo, em tons vermelho vivo, destaca-se pela enorme racha de lado e o decote trabalhado, bem como a zona da cintura que também é reveladora.

1 / 5

ANGELA WEISS

2 / 5

ANGELA WEISS

3 / 5

Jeff Kravitz

4 / 5

Mike Coppola

5 / 5

Mike Coppola