Ana Peleteiro na final do triplo salto dos Jogos Olímpicos de Tóquio
1 / 6

Ana Peleteiro na final do triplo salto dos Jogos Olímpicos de Tóquio

ANDREJ ISAKOVIC

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

Michael Steele

6 / 6

ANDREJ ISAKOVIC

Este domingo, 1 de agosto, foi de emoções fortes para o desporto nacional. Patrícia Mamona conquistou a medalha de prata na final do triplo salto dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Entre as adversárias da atleta portuguesa estava a espanhola Ana Peleteiro, namorada de Nelson Évora, campeão olímpico do triplo salto por Portugal em 2008.

Em declarações à imprensa, a jovem, de 25 anos, falou da sua relação com o atleta português e deu conta de um dos conselhos que este lhe deu antes grande final deste domingo. "Disse-me que a noite anterior a uma final é algo único", contou, citada pelo jornal Record.

Ana Peleteiro fez ainda uma promessa caso vencesse alguma medalha. "Se ganhar uma medalha, corto tudo, até o cabelo", atirou.

Resta agora saber se a atleta irá cumprir o prometido, já que conquistou a medalha de bronze, com uma marca 14,87 metros. Já o primeiro lugar do pódio foi alcançado pela venezuelana Yulimar Rojas, que bateu o recorde mundial no seu último salto, com 15,67 metros.