Isabel II de Inglaterra e o marido, o duque de Edimburgo

Isabel II de Inglaterra e o marido, o duque de Edimburgo

Getty Images

O príncipe Filipe deu entrada no King Edward VII Hospital no passado dia 16 de fevereiro e o seu estado, embora as informações oficiais garantam que está bem, começa a preocupar os britânicos. A verdade é que o marido da rainha Isabel II já tem 99 anos e a situação pode tornar-se algo inquietante, especialmente em plena pandemia.

Ao longo deste período, o duque de Edimburgo apenas recebeu a visita do seu filho mais velho, o príncipe Carlos, e os especialistas acreditam que se tratou, acima de tudo, de um momento de conversa entre pai e filho para “planear o futuro da monarquia e, sobretudo, o apoio que a rainha deverá receber quando o marido partir”.

Filipe, Duque de Edimburgo

Filipe, Duque de Edimburgo

Foto Instagram @the_crown_diaries, DR

Quanto a uma possível visita de Isabel II, agora que se inicia a terceira semana de internamento, é pouco provável que aconteça. “A rainha não veio quando o marido foi operado à anca. Não chegou a visitá-lo durante toda a hospitalização. Duvido muito que venha agora, especialmente por causa de todas as restrições impostas pela Covid-19. Afinal ela também já tem 94 anos”, avança Chris Ship, editor de realeza da ITV.

O Palácio de Buckingham confirmou que o duque de Edimburgo tinha sido hospitalizado por “não se sentir bem”. Mais tarde, um porta-voz confirmou que foi detetada uma infeção, mas que o príncipe Filipe se encontrava “bem”, “estável” e “a responder ao tratamento”. Além disso, a Casa Real britânica garantiu que o internamento do avô dos príncipes William e Harry em nada está relacionado com a Covid-19.

O duque de Edimburgo e Isabel II de Inglaterra

O duque de Edimburgo e Isabel II de Inglaterra

Instagram

“Ele está a melhorar muito, obrigado pela preocupação. Ele está ansioso por poder regressar a casa, o que é bom sinal, por isso nós temos esperança que tudo corra pelo melhor”, disse o seu filho mais novo, Eduardo, à Sky News há alguns dias.

Já esta segunda-feira, o Palácio de Buckingham divulgou um novo comunicado a informar que o marido da rainha tinha sido transferido para outra unidade hospitalar. “O duque de Edimburgo foi hoje transferido do King Edward Hospital para o St. Bartholomew Hospital, onde os médicos continuam a tratar a infeção, a fazer novos testes e a observar uma já existente condição cardíaca. O duque permanece bem e a responder ao tratamento, mas é expectável que permaneça no hospital até ao final da semana”, pode ler-se no documento.