Yannick Djaló

Yannick Djaló

Instagram

Divorciada de Yannick Djaló desde 2013, Luciana Abreu continua sem ver resolvida a questão da guarda das duas filhas que teve com o futebolista, Lyonce, de nove anos, e Lyannii, de oito. O ex-marido da atriz continua a não pagar as pensões de alimentos que tem em atraso – em novembro último, uma nova sentença do Tribunal de Família e Menores de Cascais determinou o pagamento de mais de 100 mil euros, mas Djaló recorreu – e isso faz com que ambos não cheguem a acordo quanto ao contacto que as meninas mantêm com o pai.

O próprio revelou, em entrevista à revista Vidas, que não vê Lyonce e Lyannii desde 2019. "Está a fazer um ano. Não houve a possibilidade sequer de fazermos videochamadas", afirma, antes de acrescentar: “Não há outra hipótese que não seja a judicial. Basta uma parte não estar de acordo. É o que acontece. Não sei o que move o outro lado. Acho que o dinheiro não me pode impedir de estar com as meninas. Se a pessoa acha que tem direito a reclamar, faça-o junto das entidades competentes e não através de limitar outras coisas".

Ainda assim, e apesar de ter passado muito pouco tempo com as meninas desde que a sua relação com Luciana Abreu terminou, Yannick Djaló, acredita que conseguirá voltar a ficar próximo das meninas quando as diferenças forem ultrapassadas. "Acho que vai ser uma questão de retomarmos a nossa afetividade e cumplicidade. Acho que elas se vão adaptar muito bem. Temos uma casa muito feliz", adiantou, referindo-se ao novo lar que construiu ao lado da blogger e apresentadora de televisão moçambicana Daisy Gonçalves.

Daisy Gonçalves e Yannick Djaló

Daisy Gonçalves e Yannick Djaló

Instagram

Sobre o processo de divórcio com Daniel Souza, de quem também tem duas filhas, o advogado refere que está próximo de terminar. De acordo com informações avançadas pela TV7 Dias em outubro, a cantora e o guia turístico vão partilhar a guarda das duas filhas que têm em comum, Amoor e Valentine, de dois anos e meio, sendo que as meninas passarão 15 dias com o pai e 15 dias com a mãe.

Falta ainda concluir, além do divórcio, dois processos. O de violência doméstica que Luciana Abreu moveu contra Daniel Souza, e o processo de difamação do guia turístico referentes a essas mesmas declarações.