Brad Pitt e Angelina Jolie continuam a batalha judicial para decidir a custódia dos seis filhos. De acordo com o The Sun, o antigo casal escolheram a mesma especialista em violência doméstica, Alyce LaViolette, como testemunha.

Os dois atores irão depor no tribunal Stanley Mosk, em Los Angeles, já na próxima semana, para serem interrogados. Brad indicou um total de 21 testemunhas para comparecerem em tribunal, enquanto Angelina indicou sete testemunhas.

Nenhum dos filhos do casal, os gémeos Knox e Vivienne, 12 anos, Shiloh, de 14 anos, Zahara, de 15 anos, Pax, de 16 anos, e Maddox, de 19 anos, prestará depoimento no tribunal. De acordo com documentos obtidos pelo jornal, Alyce LaViolette terá que testemunhar acerca das conversas que teve com as crianças e com terceiros.

A especialista tornou-se conhecida em 2013 após defender um caso polémico de uma mulher que tinha sofrido violência doméstica por parte do namorado que acabou por o matar, alegadamente, em legítima defesa. A mulher foi condenada por assassinato em primeiro grau.