Marc Piasecki

Depois de terem estado à beira do divórcio, tudo parecia ter voltado ao normal, mas os últimos comentários de Kanye West no Twitter, que levaram inclusive a plataforma a bloquear temporariamente o rapper, apanharam Kim Kardashian de surpresa e, aparentemente, foi a gota de água.

De acordo com o New York Post, a 'socialite' já tem tudo preparado para avançar com o divórcio, mas há um pormenor: "Kim planeou todo o divórcio, mas está à espera que ele [Kanye] supere o último episódio", afirma uma fonte próxima da estrela ao jornal. Kim falou pela primeira vez sobre o transtorno bipolar do marido em julho do ano passado.

É um ciclo vicioso que ela conseguiu interromper durante vários meses", disse ainda, mencionando que a empresária tinha consciência do impacto da pandemia do novo coronavírus na saúde mental do marido.

Kanye prometeu à mulher que voltaria a ser medicado e que se iria esforçar para controlar os seus impulsos, mas um mês depois quebrou as promessas.”Ela quer ser uma companheira que lhe dá apoio, está a fazer tudo o que pode para apoiá-lo. Ele tem que cuidar da saúde. Ela não pode forçá-lo a tomar a medicação. Não pode forçá-lo a fazer nada que ele não queira”, explicou outra fonte à revista People.

Recorde-se que Kim Kardashian e Kanye West estão juntos desde 2014 e têm quatro filhos em comum, North, Saint, Chicago e Psalm.