Pedro Lima

Pedro Lima

Facebook

A morte inesperada de Pedro Lima, no passado dia 20 de junho, continua a provocar alguma inquietude naqueles que lhe eram mais próximos. Embora o círculo mais próximo soubesse que o ator, de 49 anos, lutava contra uma depressão, sendo, inclusivamente, acompanhado por uma psiquiatra, a verdade é que todos estavam longe de imaginar que a doença pudesse originar um fim trágico.

Entre esses amigos está Ricardo Carriço, o ator escolhido para substituir Pedro Lima no projeto que se encontrava a gravar e que, em conversa com Manuel Luís Goucha já esta semana, revelou que o último encontro dos dois não tinha sido muito agradável. “Lembro-me de me chatear com o Pedro. Nós estivemos a viver na mesma rua em Cascais. E houve um dia em que cheguei a casa e decidi encontrar a casa dele, porque ele ainda não me tinha dito", começou por revelar, acrescentando: “Faço o caminho para baixo, volto, e encontro o Pedro com os filhos todos. E ele falou-me num tom tão vago que eu fiquei chateado com ele".

Ricardo Carriço

Ricardo Carriço

SIC

A verdade é que este alheamento de Pedro Lima já denunciava o período difícil que estava a atravessar. “Acho que nenhum de nós soube lidar com isto, nem antes, nem depois, e andamos um bocadinho, se calhar, irritados connosco próprios, de como é que não percebemos", concluiu Ricardo Carriço.

Recorde-se que, pouco depois da morte do ator, a sua mulher, a ceramista Anna Westerlund, confirmou que este se encontrava num processo complicado. “O Pedro foi certamente surpreendido pela própria dor que naquele momento lhe terá sido insuportável.
A vida também nos surpreende com momentos trágicos
”, escreveu no texto que emocionou amigos, fãs e familiares do ator. LEIA NA ÍNTEGRA AQUI!

Pedro Lima e Anna Westerlund com os filhos

Pedro Lima e Anna Westerlund com os filhos

Reprodução Instagram, DR