Axelle/Bauer-Griffin

Katy Perry e Orlando Bloom estão à espera do primeiro filho, mas a relação do casal já teve muitos altos e baixos, porém o amor entre ambos é muito forte e a cantora explicou a razão: espiritualidade.

"Ele é muito sensível. Muito emocionalmente evoluído. Ele acorda às 7 horas e canta durante uma hora. Uma das coisas que nos liga é o nosso desejo de ser mais espiritualmente evoluídos", disse a artista, em entrevista à Sunday Times Style.

"Uma das nossas principais linguagens de amor é a evolução espiritual. Adoramos misticismo, conspirações, alienígenas, todas essas coisas. Adoramos uma aventura da mente. É algo pelo qual nos conectamos", revelou.

A artista descreveu o ator como o seu "Buda", que a ajudou a lidar com pensamentos suicidas e com a depressão. Recorde-se que o casal separou-se durante um ano em 2017 e Katy confessou ter pensado em suicídio. "Eu já tive crises de depressão antes. Consegui evitar cair na depressão realmente sombria fazendo música. É como todas essas coisas que fazes para te distraires: comes, trabalhas, arranjas um novo namorado, fazes compras".

Katy explicou que Orlando é o "único que consegue lidar" com os seus problemas de saúde mental. "Eu mostrei tudo e ainda faço isso. E ele ainda aparece e não se incomoda com isso. Ele é perfeito", afirmou.