António Cordeiro

António Cordeiro

Instagram

Passaram mais de quatro anos desde que António Cordeiro foi diagnosticado com paralisia supranuclear progressiva e, desde então, tem sido a sua mulher, Helena Almeida, a acompanhá-lo diariamente. Sendo uma doença degenerativa que afeta progressivamente a fala e os movimentos, requer muita atenção, pois o ator vai perdendo a independência até mesmo para as tarefas mais básicas do dia-a-dia.

Recentemente, a mulher do ator revelou que sentiu necessidade de o internar na Casa do Artista, em Lisboa, para poder descansar. “Eu não aguentava mais”, confessou à TV7 Dias depois de relatar dois episódios em que viu o marido quase a sufocar com comida e teve dificuldade em ajudá-lo. “Custou-me muito colocar o António na Casa do Artista, quando digo muito, é muito mesmo. Foi das decisões mais difíceis da minha vida!”, explicou à mesma publicação, garantindo que a ideia inicial era apenas ter “duas ou três semanas” para si. Contudo, este prazo terá de ser alargado devido à pandemia. “Quando for seguro quero trazê-lo para casa”, afirma, antes de explicar que, como atualmente as visitas estão proibidas, de forma a evitar a propagação da Covid-19, os dois falam “três a quatro vezes por dia” por videochamada.

Sara Barradas e José Raposo

Sara Barradas e José Raposo

Instagram

Depois deste desabafo choveram críticas e José Raposo veio a público defender Helena Almeida. “Esta foto tirei-a no Barreiro em 18 de fevereiro de 2019, num jantar anual de amigos barreirenses, que neste ano se fez em honra do Cordeiro. Como toda a gente sabe, este conhecido ator português, de quem sou grande amigo, contraiu uma doença rara - paralisia supranuclear progressiva - há cerca de 4 anos. Esta doença é incurável e degenerativa, provocando rigidez nos músculos, dificuldades na fala e demência, entre outras consequências. Eu fui acompanhando a evolução da doença, e sofri, como todos os amigos do António, ao assistir à incapacidade que se foi instalando nele de controlar os movimentos do corpo e da fala... exatamente as ferramentas essenciais do ator! É indescritível a crueldade desta doença, que transforma a pessoa num ser completamente dependente!”, começou por escrever o ator no Instagram, onde partilhou uma fotografia de António e Helena.

“E aqui entra neste texto a Lena... a Lena é uma guerreira! A Lena dedicou-se de corpo e alma ao amor da sua vida, e eu mais os amigos próximos do casal somos testemunhas! Ela passou a ser os braços, as pernas, o corpo do António! Só assim poderia o António ficar em casa, pois as 24 horas do dia eram passadas a ir (a Lena tirou a carta por isto) a fisioterapeutas, médicos, hospitais, e em casa todas as ações do dia-a-dia, sendo que para andar, ela tinha de conduzi-lo agarrando-o por trás! E mesmo assim o António caía algumas vezes por dia, pois o desequilíbrio é sintoma maior da doença, e ele pesava mais que ela, óbvio! Ora, recentemente, com o agravar da situação (o António já não andava nem falava), a Lena viu-se obrigada a internar o marido na Casa do Artista, instituição de grande mérito como se sabe”, prosseguiu.

António Cordeiro com a mulher, Helena Almeida

António Cordeiro com a mulher, Helena Almeida

Instagram

“E, meus senhores, não é que as mentes perversas das pessoas que só vêm às redes sociais destilar veneno sobre o que não conhecem, começaram a insinuar que a Lena tinha ‘despachado’ o António para a Casa do Artista porque agora ele já não lhe servia para nada?! Nem vale a pena comentar... o que eu queria aqui salientar é que esta história é mais uma das que provam que o amor é sempre vencedor, e nesta época de calamidade mundial, sem dúvida que o amor nos está a unir de forma natural... quase sem se dar por isso...!”, concluiu José Raposo, visivelmente incomodado com estas críticas feitas a Helena Almeida.

Reveja no vídeo abaixo a entrevista de Júlia Pinheiro a Helena Almeida, em novembro último: