Dolores Aveiro, Valentina e Katia Aveiro

Dolores Aveiro, Valentina e Katia Aveiro

Instagram

A vida da família Aveiro ficou em suspenso quando, na madrugada de 3 de março, a matriarca foi levada de urgência para o hospital devido a um Acidente Vascular Cerebral Isquémico. O socorro foi rápido – Dolores Aveiro foi submetida a duas intervenções cirúrgicas de recanalização vascular, uma química (trombólise) e outra mecânica (trombectomia) – e a recuperação, a acreditar nas palavras dos filhos, tem sido muito positiva.

As mãos de Dolores e Katia Aveiro

As mãos de Dolores e Katia Aveiro

Instagram

Este domingo, dia 15, Katia Aveiro recorreu ao seu Instagram para partilhar a primeira fotografia da mãe depois do susto e escreveu: “Estas mãos já me pegaram no colo a mim e a mais três irmãos. Estas mãos já trabalharam horas a fio para que não nos faltasse nada. Estas mãos já nos seguraram para a gente não cair. Estas mãos já ampararam tantas dores e incertezas. Estas mãos sãos as mãos de uma guerreira, de uma campeã. São mãos de vitória com história. Ela é a minha querida mãe, a nossa mãe. Mãos agora mais vividas, mais sofridas, mas com uma força do tamanho do mundo. Orgulho de ser tua filha, orgulho do que ultrapassaste mãe. As minhas mãos irão cuidar-te e amparar toda a tua longa vida”.

Elma, Cristiano, Dolores, Katia e Hugo Aveiro

Elma, Cristiano, Dolores, Katia e Hugo Aveiro

Instagram

Ciente de que existe muita curiosidade em torno do estado de saúde de Dolores, a cantora e empresária contou ainda: “A quem pergunta todos os dias pela mãe: ela está recuperando e está quase no ponto. Obrigada e a mãe manda beijos a todos !!!🙏.

Cristiano Ronaldo com a namorada, Georgina Rodríguez, e os filhos: Mateo, Eva, Alana e Cristiano

Cristiano Ronaldo com a namorada, Georgina Rodríguez, e os filhos: Mateo, Eva, Alana e Cristiano

Instagram

Neste momento mais delicado a matriarca tem todo o clã reunido na Madeira. Além dos filhos Hugo e Elma, que vivem na ilha, também Katia viajou de imediato do Brasil, onde vive, com a filha, Valentina, de seis meses e meio. Cristiano Ronaldo visitou a mãe no hospital cerca de 12 horas depois do AVC, mas ainda regressou a Itália. Contudo, numa nova visita dias depois, já com toda a sua família – a namorada, Georgina Rodríguez e os quatro filhos, Cristiano, os gémeos Eva e Mateo, e Alana – acabou por ficar ‘retido’ no arquipélago. Isto porque um dos seus colegas de equipa na Juventus foi infetado por Covid-19 e o clube italiano considerou mais prudente manter o craque português longe do surto que está a parar Itália há semanas.