1 / 6

JAVIER SORIANO

2 / 6

PIERRE-PHILIPPE MARCOU

3 / 6

Carlos Alvarez

4 / 6

PIERRE-PHILIPPE MARCOU

5 / 6

Carlos Alvarez

6 / 6

JAVIER SORIANO

Os anos passam, mas a saudade permanece em Letizia. Esta sexta-feira, 7 de fevereiro, assinalam-se 13 anos da morte da irmã mais nova da atual rainha de Espanha. Aos 31 anos, Erika Ortiz decidiu colocar termo à própria vida. Foi encontrada sem vida pelo companheiro, Roberto Garcia, no apertamento em que ambos residam em Madrid.

A autópsia, divulgada pela imprensa espanhola, mostrou que Erika tomou uma dose elevada de comprimidos e o seu corpo não resistiu, provavelmente, ansiolíticos que estava a tomar para controlar a ansiedade.

>> Juan Carlos de Espanha arrasa Letizia: "Foi o pior que entrou nesta casa" <<

Segundo os meios de comunicação social espanhóis, a irmã da monarca não terá aguentado a pressão dos media, da qual toda a família foi alvo assim que foi tornado público o romance de Letizia com Felipe VI.

Na altura da morte de Erika, Letizia estava casada há três anos com o atual rei de Espanha e grávida da filha mais nova, Sofía, hoje com 12 anos.