Paulo Gonçalves

Paulo Gonçalves

Instagram

Um dia depois da morte do piloto português Paulo Gonçalves na sequência de um acidente fatal no Rali Dakar, a sua equipa anunciou que vai retirar-se da competição.

"Toda a equipa Hero está em profundo luto após a morte trágica do nosso piloto Paulo Gonçalves no domingo. Com um imenso respeito pelo nosso falecido colega, a Hero não vai continuar a sua participação no Rali Dakar de 2020", pode ler-se numa publicação na conta da marca indiana na rede social Twitter.

Paulo Gonçalves

Paulo Gonçalves

Instagram

Paulo Gonçalves, de 40 anos, morreu este domingo, 12 de janeiro, após sofrer uma queda na sétima etapa da 42.ª edição desta competição. Era a 13.ª participação do português nesta prova. Os relatórios oficiais determinam que o motard, também conhecido como Speedy Gonçalves, não resistiu a “lesões graves na cabeça, pescoço e coluna”. O seu corpo deverá ser libertado ainda hoje para que se proceda à trasladação dos restos mortais.

Leia AQUI também o testemunho desesperado do australiano Toby Price, o primeiro a chegar perto de Paulo Gonçalves depois do acidente.