Reprodução Instagram, DR

Maria Rueff sofreu no passado mês de novembro um enfarte do miocárdio e até à data ainda só tinha falado sobre o assunto nas redes sociais, inclusive contou como foi a filha que lhe salvou a vida. Agora, a atriz esteve no programa As três da Manhã, da Rádio Renascença, e lembrou o 'susto'.

“Perdi um irmão com o mesmo caso. Há uma forte componente genética, mas há também uma vida de profundo stress. As nossas vidas parecem cor de rosa, divertidas, então de comediantes, mas são vidas de profundo stress”, revelou.

Em conversa com as apresentadoras Joana Marques, Ana Galvão e Carla Rocha, a atriz de 47 anos disse ainda que um dos motivos poderá ter sido o facto de fumar bastante e o seu estilo de vida muito agitado pois a "“vida de stress, sem horários, alimentação frágil e sem descanso” dos atores pode contribuir para que este episódio ocorra.

>> Emocionado, João Baião afirma: “A imagem de uma mãe que nos deixa não se esquece nunca”

“Sentia-me debaixo de um pneu de um autocarro, uma pressão enorme no peito”, relembrou a humorista, acrescentando que a sua filha, Laura, de 15 anos, teve um papel fundamental nesse dia. “Ela estava comigo, ligou para o INEM, foi comigo na ambulância, sempre calma e serena”.