Georgina Rodríguez

Georgina Rodríguez

Instagram

Com o início do namoro com Cristiano Ronaldo, no final de 2016, Georgina Rodríguez foi-se afastando cada vez mais da sua família e parece que nem os episódios mais trágicos fazem com que tenha vontade de se reaproximar. Recentemente, a jovem espanhola enfrentou a morte da avó materna, Juana Escarabal, de 80 anos, vítima de insuficiência cardíaca, mas optou por não participar nas cerimónias fúnebres. Uma atitude que está a ser fortemente contestada pela família.

"Liguei para a irmã Ivana e pedi-lhe para avisar a Georgina. Ela garantiu que a avisava. Depois disso elas não ligaram, nem disseram mais nada", conta Jesus, um tio de Georgina ao jornal El Madroño. "Tenho a certeza que se a mãe do Cristiano Ronaldo estivesse a morrer, ele ia largar tudo para acompanhá-la. Não?”, disse ainda, visivelmente transtornado com o comportamento da sobrinha.

Georgina Rodríguez e Cristiano Ronaldo

Georgina Rodríguez e Cristiano Ronaldo

Jeff Kravitz

Ainda assim, Jesus não afasta a hipótese de haver uma reaproximação com Georgina Rodríguez, assim esta o queira: "Eu ia recebê-la de braços abertos, porque ela não me fez nada. Eu também não lhe fiz nada. Sempre me portei muito bem com a Georgina. Tal como a minha mãe, com tudo o que pôde. Não lhe fizemos mal nenhum para tanto desprezo".

>> LEIA TAMBÉM: GEORGINA RODRÍGUEZ ACUSADA DE ABANDONAR A AVÓ NA MISÉRIA E O PAI DOENTE