Kate e James Middleton

Kate e James Middleton

Getty Images

James Middleton não soube lidar muito bem com a exposição pública que a sua família sofreu a partir do momento em que a sua irmã Kate começou a namorar com o príncipe William de Inglaterra, em 2003. Sete anos depois, com o anúncio do noivado, a pressão só aumentou e todos os passos dos Middleton passaram a ser alvo de escrutínio por parte da imprensa britânica e tudo isso terá contribuído para os problemas de ansiedade que acabaram por levar James Middleton a uma depressão profunda.

>> IRMÃO DE KATE MIDDLETON ESTÁ NOIVO: “ELA DISSE QUE SIM!”

Em 2017, o jovem viu-se obrigado a procurar ajuda médica, mas só mais recentemente começou a falar abertamente do assunto. “A depressão é incapacitante. É o que te mantém na cama, enquanto a ansiedade toma conta de ti e te faz sentir culpado. Eu só pensava: 'Mas eu estou deprimido com o quê? Tenho tudo o que preciso.’ Os meus pais sabiam que algo não estava bem, mas eu não os queria perto de mim. Fechei-me por completo. Não falava com a minha família", explicou à revista Tatler em junho deste ano.

>> IRMÃO DE KATE MIDDLETON FALA SOBRE A DEPRESSÃO: "NÃO FALAVA COM A MINHA FAMÍLIA"

James Middleton e Alizée Thevenet

James Middleton e Alizée Thevenet

Instagram

Agora, James parece ter recuperado a vontade de viver e, para isso, terá contribuído o seu namoro com a francesa Alizée Thevenet, de quem ficou noivo no início de outubro. E, por isso mesmo, o irmão da duquesa de Cambridge fez questão de deixar um testemunho positivo nas redes sociais. “Hoje eu quero agradecer. Obrigado pelo incrível apoio que demonstraram depois de eu falar publicamente da minha doença, a depressão”, começou por escrever.

>> APÓS DEPRESSÃO, IRMÃO DE KATE MIDDLETON CONFIRMA NAMORO NAS REDES SOCIAIS

“Seria um trabalho a tempo inteiro responder a todos pessoalmente, mas saibam que estou profundamente tocado com cada mensagem de todos os que partilharam as suas histórias e as suas experiências comigo. Por isso, quis partilhar convosco a nossa primeira fotografia de família. Não há assim tanto tempo, eu tinha-me esquecido de como era rir de forma genuína. Hoje já não tenho de fingir que estou feliz”, prosseguiu.

>> IRMÃO DE KATE MIDDLETON ASSUME DEPRESSÃO: "É UM CANCRO NA MENTE"

“Não estou curado da depressão e acho que não há cura. Contudo, adquiri ferramentas que me ajudam a controlar-me, todos os dias trato da minha saúde mental, tal como trato da física. E lembrem-se o que disse uma vez uma pessoa sábia: ‘A vida é sobre a viagem e não sobre o destino’”, concluiu, na legenda de uma fotografia onde surge sorridente ao lado da noiva e dos seus quatro cães.