Iñaki Urdangarín e a infanta Cristina de Espanha

Iñaki Urdangarín e a infanta Cristina de Espanha

Getty Images

Condenado a uma pena de cinco anos e dez meses de prisão efetiva, que está a cumprir desde junho de 2018, Iñaki Urdangarín inicia agora uma nova fase: vai sair da prisão durante dois dias por semana, oito horas, para fazer trabalho de voluntariado.

O Ministério Fiscal espanhol opôs-se a esta decisão por o marido da infanta Cristina se encontrar detido numa ala de isolamento, mas o Tribunal Superior de Justiça de Castilla y Léon considera que uma coisa não interfere com a outra e que, apesar de tudo, é preciso “articular medidas para manter a socialização para alguém que vive em solidão”.

Recorde-se que já depois do cunhado do rei Felipe VI de Espanha estar preso surgiram notícias que davam conta que a sua mulher, Cristina de Espanha, manteria um caso extraconjugal com um homem casado. Saiba mais aqui!