A rainha Isabel II com Meghan Markle e o príncipe Harry

A rainha Isabel II com Meghan Markle e o príncipe Harry

Getty Images

Os últimos meses não têm sido fáceis para Meghan Markle, sobretudo pela forma como a sua vida tem sido exposta na imprensa de todo o mundo. Os despedimentos de funcionários que a acusam de ser demasiado exigente, os alegados problemas com a cunhada Kate Middleton, as viagens em jato privado que indignam os mais preocupados com o ambiente e a crise que estará a atravessar no seu casamento devido a tudo levaram a que contratasse uma empresa a ajudar a gerir melhor tudo o que é tornado público e a resolver conflitos.

A informação é avançada pelo Daily Mail, que explica que a Sunshine Sachs – uma das melhores empresas de assessoria do mundo, que representou, entre muitas outras celebridades, Michael Jackson em casos de alegados abusos sexuais de menores – foi contratada ainda antes das férias de verão de Harry e Meghan e da polémica visita a Elton John no sul de França (saiba mais AQUI). Mas o que está a deixar a rainha Isabel II furiosa é o facto de não ter sido consultada sobre esta decisão e dos assessores dos duques de Sussex também terem sido mantidos na ignorância. “Contratar uma empresa externa à casa real, de Hollywood, é, no mínimo, pouco ortodoxo e a rainha não esconde o seu descontentamento. Está cada vez mais desiludida com Meghan Markle”, revela uma fonte próxima da Casa Real citada pela publicação.

De referir que, depois de ter perdido a mãe com apenas 12 anos, o príncipe Harry tem na avó a sua grande referência e mesmo não tendo sido um adolescente e jovem adulto fácil – a vida boémia, as noitadas, as drogas e o álcool encheram as capas dos tabloides britânicos – o duque de Sussex contou sempre com a proteção da rainha e há até quem diga que é mesmo o seu neto preferido. Talvez por isso, quando este decidiu assumir o romance com Meghan Markle – mais velha, estrela de Hollywood, sem qualquer ligação à realeza, divorciada e afro-americana – Isabel II não colocou entraves ao namoro, nem ao casamento. Mas perante todos os escândalos que a mulher do neto tem vindo a protagonizar, os que lhe são mais próximos garantem que, “se voltasse atrás, a sua posição teria sido outra”.