Elton John com Meghan Markle e o príncipe Harry de Inglaterra

Elton John com Meghan Markle e o príncipe Harry de Inglaterra

Getty Images

As primeiras férias do príncipe Harry e de Meghan Markle após o nascimento do filho, Archie, no passado mês de maio, estão a fazer correr muita tinta na imprensa inglesa. A opinião pública não gostou de ver os duques de Sussex a desfrutar de “demasiados luxos” e fazer, em poucos dias, 11 viagens de jato privado, o que, dizem os mais críticos, vai contra as práticas de proteção do ambiente que tanto defendem.

>> Afinal, com quem se parece o filho de Harry e Meghan?

Elton John, que abriu as portas da sua mansão no sul França para receber o casal real, sentiu-se obrigado a vir a público defender os seus convidados. "Estou profundamente angustiado pela forma distorcida e maliciosa com que a imprensa publicou notícias sobre a estadia privada dos duques de Sussex na minha casa de Nice, na semana passada”, começou por dizer o músico, antes de evocar a relação próxima que mantinha com a princesa Diana. “A mãe do príncipe Harry, Diana, a princesa de Gales, foi uma das minhas mais queridas amigas. Sinto uma profunda obrigação de proteger Harry e a sua família da intrusão desnecessária da imprensa que contribuiu para a morte prematura de Diana”, adiantou, explicando que foi ele quem fez o convite a Harry e Meghan e que tratou de todos os pormenores: "Depois de um ano agitado por causa do seu trabalho e dedicação à solidariedade, o David [Furnish, marido do artista] e eu queríamos que a jovem família desfrutasse de umas férias privadas dentro da segurança e tranquilidade do nosso cantinho. Para preservar a proteção necessária, proporcionamos um voo de jato privado".

>> Meghan envolve o filho em manta fabricada na Índia por trabalhadores explorados que recebem 40 cêntimos por hora

Elton John assegurou ainda que foi paga “a contribuição necessária para a pegada de carbono” e pediu que a imprensa acabasse com os “ataques implacáveis e falsos” contra o casal.