Margarida Rebelo Pinto, Sara Tavares, João Didelet e António Machado foram os convidados de Herman José no episódio desta semana do programa "Cá Por Casa", da RTP1. Durante a emissão, em conversa com Sara Tavares sobre discriminação racial, Herman afirma que "em Portugal não há muito racismo", dando alguns exemplos que considera suportarem essa declaração. Logo de seguida, o anfitrião pergunta a Margarida Rebelo Pinto: "Já tiveste algum amor colorido?", ao que a escritora responde: "Não, não sou dada às etnias".


A situação já gerou uma onda de indignação nas redes sociais, com muitas pessoas a considerarem racista o comentário de Margarida Rebelo Pinto. A reação de Sara Tavares, que aparentemente ignorou as palavras, também foi criticada, o que já levou a artista a pronunciar-se sobre o assunto. "Para vossa informação, reagi sim! Calma, mas nunca cobarde.", escreveu Sara na sua página de Facebook, acrescentando que espera agora um pedido de desculpa: "Falei com os sujeitos em questão longe das Câmaras com o respeito que não me demonstraram, mas não ouvi nenhum pedido de desculpas do outro lado. (...) Quem quer um pedido de desculpas público põe a mão no ar.".

Até ao momento, nenhum dos restantes intervenientes se manifestou sobre o assunto.


Veja abaixo a declaração de Sara Tavares na íntegra, bem como o excerto do programa.