Asia Argento foi em tempos a cara do movimento contra o assédio sexual em Hollywood. Líder do movimento #MeToo, foi uma das primeiras mulheres a falar sobre os abusos sexuais do produtor Harvey Weinstein.

Agora, a namorada do falecido Anthony Bourdain, enfrenta acusações graves por parte de Jimmy Bennett e cada vez mais impossíveis de refutar.

A notícia avançada pelo New York Times, esta segunda-feira, dia 20 de agosto, revelava que Asia teria acordado com Jimmy, um jovem ator que a acusou de abusos sexuais quando este tinha apenas 17 anos, um pagamento de cerca de 380 mil dólares pelo seu silêncio - que se sabe agora que foi feito por Anthony Bourdain.

Depois da notícia ter vindo a público, Asia Argento negou alguma vez ter tido relações sexuais com o jovem mas hoje, dia 22 de agosto, o TMZ publicou uma fotografia que prova exactamente o contrário.

A fotografia íntima mostra os dois atores na cama, de um quarto de hotel, supostamente depois de terem tido relações sexuais. A imagem faz parte de uma série de quatro fotografias que tornam quase impossível de defender o crime.

A juntar às fotos a publicação norte-americana revela também algumas mensagens de Asia, com uma amiga, onde assume o ato: "Tive sexo com ele e foi estranho (...) Se perder o meu emprego mudo-me para África ou para a Amazónia" pode ler-se em várias mensagens.

Instagram