A princesa Diana com os filhos, William e Harry, em 1993

A princesa Diana com os filhos, William e Harry, em 1993

Getty Images

O príncipe Harry de Inglaterra tinha apenas 12 anos quando a mãe, Diana de Gales, morreu num acidente de viação em Paris, França, mas já confidenciou em várias ocasiões que os valores que esta lhe passou estão muito presentes até hoje. "Se eu puder ser apenas uma pequena parte do ser humano que ela era, já me sinto orgulhoso e espero que ela se sinta orgulhosa também", disse o príncipe em 2017, aquando do lançamento do documentário da BBC sobre a vida da ‘princesa do povo’.

E agora que se prepara para subir ao altar com a norte-americana Meghan Markle, de 36 anos, Harry, de 33, pensou ao pormenor na forma como a mãe poderia estar presente neste momento tão importante na sua vida. Além de ter usado dois diamantes que lhe pertenciam no anel de noivado que ofereceu à ex-atriz, o neto de Isabel II de Inglaterra fez questão de convidar toda a família de Diana para assistir à cerimónia no Castelo de Windsor, a 19 de maio. Entre os 600 convidados, estarão os tios Charles Spencer, Sarah McCorquodale e Jane Fellowes, bem como todos os primos de Harry.

“Harry sempre manteve uma relação muito próxima com os Spencer e todos receberam um convite. Ele dá-se muito bem com os tios e todos já conhecem Meghan. Os primos, além de terem sido convidados para a cerimónia, também estarão presentes na receção que se segue e na festa que promete durar pela noite dentro em Frogmore House, um palácio rural do século XVII situado a cerca de um quilómetro do Castelo de Windsor”, revela fonte próxima da família real citada pela imprensa britânica.

Recorde-se que, apesar da Igreja St. George ter capacidade para acolher 800 pessoas, Harry e Meghan optaram por convidar apenas 600 para a cerimónia religiosa. Segue-se depois o tradicional copo-d’água e, por fim, uma festa reservada a apenas 200 convidados, que terão de deixar telemóveis e câmaras fotográficas à entrada, para garantir que as celebrações são totalmente privadas.

Harry de Inglaterra e Meghan Markle

Harry de Inglaterra e Meghan Markle

Getty Images