João Paulo Rodrigues recordou o período do divórcio numa entrevista nas manhãs da TVI, esta manhã. O apresentador divorciou-se de Juliana Marto em 2017, altura em que cumpria o desafio de apresentar as manhãs da SIC.

"Foi das fases mais difíceis da minha vida. (...) Custou-me muito e ainda me custa. Custa-me estar grande parte do meu tempo longe delas", afirma, referindo-se às filhas Rita, de 11 anos, e Sofia, de cinco. A ex-mulher vive com as crianças em Leiria onde o apresentador, que mora em Lisboa, fez questão de conseguir casa para encurtar a distância e as saudades.

Neste período atribulado, em 2017, João Paulo Rodrigues co-apresentava com Júlia Pinheiro que mereceu rasgados elogios nesta fase delicada do ator. "Havia dias em que me batia ali a cena mais forte e a Júlia foi uma grande companheira. Foi uma força na minha vida. Devo-lhe muito", garante.

"Às vezes ficava no meu camarim depois da hora do meu programa porque vinham-me lágrimas aos olhos, ficava lavado em lágrimas. Depois não saía porque estava ali a equipa de produção e não queria que me vissem. (...) Foi uma equipa que respeitou a minha dor na altura", acrescentou.

»» JOÃO PAULO RODRIGUES REVELA FOTOS RARAS DA FILHA MAIS VELHA: "MINHA VIDA TODA"

Instagram

João Paulo Rodrigues vive em Lisboa onde trabalha e continua estudar no curso de piloto de aviação. Recorde-se que o artista viveu um relacionamento com a médica, Ana Amaro, mas a relação terminou no início deste ano.