João Soares voltou a recorrer às redes sociais para homenagear Maria João Abreu, com quem foi casado durante quase uma década. A atriz morreu no passado dia 13 de maio, aos 57 anos, duas semanas depois de ter dado entrada de urgência no Hospital Garcia de Orta, em Almada, e lhe ter sido diagnosticado pelo menos um aneurisma cerebral.

“Viver sem a João... Viver sem a João é sobreviver. É viver pela metade. Pela metade menor, porque a metade da João era a metade maior. Contradição matemática, eu sei, mas vida tem destas coisas... Coisas que não se explicam. Coisas que se sentem..., começou por escrever o músico esta sexta-feira, 21 de maio, na legenda de uma fotografia da atriz.

A fotografia que acompanha este desabafo emotivo de João Soares

A fotografia que acompanha este desabafo emotivo de João Soares

Facebook

“Viver sem a João não é passar de plural a singular, não... É passar de um, a uma parte dele. Porque nós éramos um. Uma entidade, uma alma, um modo de vida. Uma Vida. Éramos ‘Os Joões’. Somos ‘Os Joões’ que agora passam a ser algo menor, porque a maior parte está na parte que seguiu noutra viagem. Está na parte da minha João. Está na parte que partiu”, prosseguiu João Soares, comovendo os internautas.

“Os Joões agora, sou eu. Sem ela. Por ela. Pelo que ela me imprimiu. Pelo que ela é para mim. Pelo interminável e incondicional amor que lhe tenho. Ela disse: ‘Amem-se. E vivam como se fosse o último dia. E amanhã logo se vê’. E assim farei. É tudo o que posso fazer. É apenas o que posso fazer. A João era a minha vida. Foi. É. E sempre será”, concluiu.