Liliana Campos contou um episódio inédito da sua vida, que ocorreu num contexto profissional, e do qual nunca mais se esqueceu. Depois de comentar no Passadeira Vermelha uma recordação que Inês Castel-Branco viveu numa produção de moda, a apresentadora descreveu pela primeira vez uma situação infeliz no meio laboral.

"Essa pessoa já não está a fazer televisão. Nesse dia tivemos um colega que… eu fiz as manhãs para substituir… não vou dizer quem era senão chega-se lá facilmente. E a apresentadora faltou e chamaram-me para vir substituir”, começa por explicar no vídeo que pode ver acima. Foi o que se passou a seguir que Liliana Campos não esperava.

“Ele não sabia que era eu, e disse: ‘O quê? Foram-na chamar a ela que está velha, chamavam a Vanessa Oliveira que é muito mais nova’, e eu ouvi isto da boca de um colega meu à frente dos meus diretores”, recorda a conversa ao falar com os comentadores do programa.

“Achou que por ser o apresentador podia dizer isto à frente de toda a gente e humilhar-me daquela forma. Nunca mais me esqueci disto e naquele dia chorei baba e ranho”, disse Liliana Campos que adiantou ter, na altura, amigos em comum com o apresentador e que realizou a condução do programa durante uma semana.

Liliana Campos

Liliana Campos

Reprodução Instagram, DR