No primeiro dia de confinamento, Andreia Rodrigues aproveitou para fazer uma reflexão sobre os últimos dias que tem vivido.

Num texto emotivo que dedicou à filha de que está grávida, a apresentadora debruçou-se sobre a pandemia mundial e as consequências que tem trazido.

"Filha. Um dia vou-te contar que foste gerada e nasceste num tempo estranho. Um tempo onde a liberdade foi limitada, os afectos também e a vida de milhões de pessoas colocada em suspenso!", começou por escrever.

"Um dia saberás que foram tempos difíceis, desafiantes, onde o medo e a esperança se confrontaram todos os dias. E saberás, também, que foi neste tempo que o amor, a empatia e a compaixão foram as âncoras que nos mantiveram à tona. Saberás que em ti e na tua irmã tive toda a força, que cada dia que resistimos foi também porque nos protegeste - sem saber - porque para te protegermos também nos protegemos!", continuou.

"E, sabes, espero dizer-te também que um dia as pessoas perceberam que a travessia só era possível se todos tivessem a capacidade de entender que perante aquela luta não havia “os outros” porque “os outros” também éramos nós! Que protegermo-nos é protegermos os que nos rodeiam e que foi essa empatia que nos salvou, porque respeitámos todas as perdas e danos, que não olhámos para o negócio que fechou ou para uma família que perdeu o pai, o filho, o sobrinho, ou para os que combateram na linha da frente, como sendo apenas um problema ou a dor de outro e percebemos que o caminho só era possível se o fizéssemos juntos em consciência, com amor e por amor", acrescentou.

"Espero dizer-te que a humanidade se uniu, combatemos, ganhámos e, por isso, viverás num mundo melhor, Inês", rematou.

Reprodução Instagram, DR