Catarina Gouveia vive uma fase profissional e pessoal muito intensa. Casou, viveu uma lua-de-mel de luxo e comprou a sua primeira casa ao lado do marido na Comporta. Na tardes da SIC, a atriz falou das dificuldades financeiras que viveu e sobre o relacionamento com o seu pai biológico.

Quando estava na faculdade em Coimbra, Catarina Gouveia teve o primeiro contacto com o pai que não estava a viver em Portugal. "[Ele] sabe que tem uma filha com 19, 20 anos, que está a ter grandes dificuldades financeiras, que está a estudar e a fazer grandes sacrifícios, e há este primeiro contacto que... só ficou por ali", confessa com desilusão ao recordar-se do momento.

"Eu caí e levantei-me. Eu apercebi-me desta relação pai e filha nessa altura. Vivia com outras colegas que tinham uma relação com os pais que era apaixonante para mim. Deslumbrava-me.", assume a atriz que queria conhecer o pai, não escondendo a esperança natural de uma jovem em aproximar-se do pai nessa momento da sua vida.

Catarina Gouveia ao lado do marido

Catarina Gouveia ao lado do marido

Reprodução Instagram, DR

"Tinha mil perguntas para fazer que nao respondeu. Tenho isso resolvido. É importante não julgarmos ninguém mesmo quem é a pessoa mais próxima a nós. Não sei qual é a história dele", sublinha recordando a dificuldade de ter um filho quando não se está preparado. "Há sempre duas escolhas, ficar ou fugir e a dele foi fugir", descreve.

Quando a atriz começou a trabalhar em ficção de forma mais regular, o pai tentou uma aproximação."Ele aparece... e acho que foi pelo deslumbramento de ter uma filha na televisão, mas entretanto ja nao fazia sentido para mim", garante.