Reprodução Instagram, DR

Foi esta sexta-feira, 20 de novembro, que Vanessa Martins partilhou com os fãs uma grande novidade. A influencer vai lançar uma linha de pijamas para a sua marca, Frederica.

"Vocês que me seguem sabem a paixão gigante que tenho por pijamas. Dormir confortável, bonita e elegante. Nunca dormi de fato de treino, nem com roupa velha. Nunca tive um pijama da hello Kitty ou com unicórnios... há uma certa tendência da mulher se desleixar nesse aspeto e eu nunca compreendi isso. No confinamento tive a certeza que não tínhamos roupa para andar por casa confortavelmente sem medo de abrir a porta da rua e alguém nos visse", começou por escrever na publicação que fez na sua conta de Instagram.

Apesar de ter recebido uma série de comentários positivos, alguns internautas começaram a tecer duras críticas com esta posição que Vanessa adotou, questionando a necessidade de categorização pejorativa das mulheres que optam por não vestir um pijama.

No Twitter o assunto chegou mesmo a ser uma das tendências, levando a uma série de comentários sobre a forma como a influencer decidiu partilhar esta novidade.

"Com isto da Vanessa Martins vejo que ainda temos as prioridades trocadas em Portugal. A tendência da mulher Portuguesa devia parar de ser “desleixada” com os seus direitos e esmagar o patriacado, não como se veste para ir dormir. Somos guerreiras neste país, que se lixe o pijama", escreveu uma internauta.

"'Há uma certa tendência da mulher se desleixar nesse aspeto e eu nunca compreendi isso'. Sim Vanessa, chama-se trabalhar 48h por semana ou mais e gerir um lar, educar os filhos,sei lá para muitas mulheres isso deve ser uma prioridade maior do que vestirem-se à beta para ir dormir", acrescentou outra.

"O que são os meninos de África a passar fome comparado com os pijamas da hello kitty que a Vanessa Martins não teve?", ironiza ainda outra conta.

Até agora, não houve qualquer parte de resposta por parte de Vanessa sobre este assunto.