Luís Borges abriu o coração a Júlia Pinheiro. Depois de falar da sua infância dura e do abandono da mãe biológica, o manequim falou sobre o casamento com Eduardo Beauté, o tratamento abrasivo da imprensa e também dos três filhos.

Foi um casamento feliz com o cabeleireiro das estrelas, mas a união deu uma reviravolta. "Houve discussões não muito saudáveis e desnecessárias", confessa o manequim. Os primeiros problemas surgiram com o facto de Luís Borges viajar intensamente em trabalho, enquando Beauté cuidava de Eduardo, o primeiro filho do casal, portador de Trissomia 21.

Luís Borges admite que parou a sua carreira internacional e, na entrevista à SIC assumiu pela primeira vez que queria apenas dois filhos . "Hoje dou graças a Deus pelo Eduardo [Beauté] me ter pressionado para ficarmos com o Eduardo (o filho mais novo)", conta.

Um dos outros aspectos que motivava algumas discussões era a exposição pública. "O Eduardo gostava disso, tinhamos que fazer sempre uma produção", revela, acrescentando que, após a separação, em 2016, não deu entrevistas durante três anos a falar do ex-companheiro.

Eduardo Beauté

Eduardo Beauté

Reprodução Instagram, DR

A separação, as mentiras e a imprensa

O modelo e o cabeleireiro dos famosos foram casados durante cinco anos – período em que adotaram Bernardo, de dez anos, Lurdes, de oito, e Eduardo, de cinco – e separaram-se em 2016. Na altura, as crianças ficaram com o cabeleireiro.

Com uma depressão, Eduardo Beauté disse coisas, nas redes sociais e em entrevistas, que segundo o modelo era mentira. "O Eduardo expôs coisas que não eram verdade e eu fiquei calado porque pensava nos meus filhos. Estava-me a atingir da pior forma. Magoou-me muito quando a imprensa começa a escrever,… as ofensas na Internet e as mensagens anónimas que recebi...", confessa.

"Nunca abandonei os meus filhos, nem o Eduardo. Estava lá para ele, mas não da forma como ele queria", disse o manequim e empresário que sublinhou que em nenhum momento surgiu uma hipótese de não ficar com os três filhos. Depois, o ex-casal fez as pazes, mas sem qualquer envolvimento amoroso..

A morte de Eduardo Beauté

Como fez questão de sublinhar, Luís Borges notou que Eduardo Beauté morreu de uma embolia cerebral e não de suicídio. Quando soube da notícia estava num casamento e foi ver o ex-marido com a amiga, a apresentadora e modelo, Ana Sofia Martins.

"Ele estava tapado e eu disse que o queria ver. Vi que não havia nada fazer", confessa. "Como é que eu vou contar aos meus três filhos que eles não ver vão mais o pai? Essa era a minha preocupação. A Luca era a menina do papá. Como é que ela não vai mais brincar com o pai", recordou, sem conseguir conter as lágrimas.

O modelo reorganizou a sua vida, está apaixonado e adianta que os filhos estão muito felizes. E confessou o seu único medo. "A única coisa que me assusta é que eles me percam", emocionando profundamente Júlia Pinheiro.

Reprodução Instagram, DR