Foi no passado dia 4 de novembro, que Cláudia Vieira usou as redes sociais para informar que tinha testado positivo à Covid-19, assim como o companheiro, João Alves, e a filha mais nova, Caetana.

Entretanto, esta terça-feira, dia 10, a atriz e apresentadora esteve à conversa com Diana Chaves e João Baião no programa Casa Feliz, da SIC, através de uma videochamada, e contou como é que estão a ser estes dias em isolamento profilático, acabando por revelar que a filha mais velha, Maria, que inicialmente testou negativo para o novo coronavírus, também está infetada.

"Estou bem…Tenho a família toda comigo. Ficámos todos contaminados. Isto, realmente, passa muito rápido de uns para os outros. E quando nós andamos com todos os cuidados fora de casa, como é obvio, sempre desinfetar as mãos e a usar máscara, em casa estamos mais à vontade e, às vezes, o vírus pode vir ter connosco dentro da própria casa, o que foi o caso. Foi uma pessoa que frequenta a minha casa que ficou contaminada e que nos passou a nós", começou por contar.

"Num ambiente familiar é extremamente possível e eu sou um caso desses porque de repente, sou eu, o João, a Maria, a Caetana, todos contaminados. Foi um bocadinho avassalador", frisou.

Cláudia Vieira e as filhas, Maria e Caetana

Cláudia Vieira e as filhas, Maria e Caetana

Reprodução Instagram, DR

A filha mais nova da atriz foi a primeira a ter sinais de infeção com febres altas, mas nos últimos dias" tem estado bem". "Nunca perdeu o apetite, sempre bem-disposta, sempre a sorrir, sempre a brincar, tem estado realmente muito bem", ressalvou Cláudia Vieira, acrescentado: "Às vezes está um bocadinho instável e nós não sabemos exatamente ao que corresponde, se está com dor de garganta, se está com alguma dor no corpo".

No que diz respeito a si, a apresentadora confessou que teve muitas dores no corpo - tal como a filha mais velha, Maria - e também náuseas e dores de garganta.

"Durante dez dias, só em dois ou três dias tivemos estes sintomas", salientou.

A apresentadora de O Noivo é que Sabe assumiu ainda que se sentiu um pouco assustada quando soube que estava infetada.

"O nosso corpo parece que fica sem forças, são umas dores que parece que não aguentamos o peso do próprio corpo. Depois de tanta gente que está em estado crítico por causa deste vírus e a morrer por causa deste vírus, é claro que nos assusta um bocadinho. Se bem que também fiquei com a sensação de: ‘Isto é uma questão de tempo. Vamos ficar praticamente todos contaminados, acho eu'. Isto é horrível de se dizer, mas é o que eu sinto e a algumas pessoas afeta de uma forma muito forte, muito intensa", referiu.

Veja a conversa completa no vídeo acima!