O presidente norte-americano divulgou, na sua conta na rede social Twitter, um novo vídeo gravado no hospital. Donald Trump diz que começa a sentir-se melhor e espera "voltar em breve".

Nas imagens, Trump assume que "não se sentia muito bem" quando foi admitido no Hospital Militar Walter Reed, na sexta-feira, dia 2, após o teste positivo para o coronavírus.

"Sinto-me muito melhor agora, estamos a trabalhar arduamente para que eu recupere totalmente. Penso que voltarei em breve e mal posso esperar para terminar a campanha da forma como a comecei", acrescentou.

Trump deixou ainda um agradecimento ao pessoal médico que o está a tratar e aos líderes mundiais e aos cidadãos norte-americanos que enviaram votos de melhoras, dizendo estar a lutar pelos milhões de pessoas que têm tido o vírus em todo o mundo.

"Vamos vencer este coronavírus ou o que quer que lhe queiram chamar", disse o presidente no vídeo, que não está datado.

O chefe de Estado norte-americano disse ainda que não podia ficar trancado na Casa Branca.

"Não podia sair, nem sequer podia ir à Sala Oval", afirmou o Presidente, considerando que tinha de "enfrentar o problema".

Defendeu ainda que as terapias experimentais que está a receber são um "milagre que vem de Deus".

De acordo com Trump, também a primeira-dama, Melania Trump, também está "a lidar muito bem com o assunto". O chefe de Estado realçou que aqui a idade - a mulher é 24 anos mais nova - é um fator importante.

Acompanhe todos os pormenores do internamento de Donald Trump no site da SIC Notícias!