Diogo Carmona

Diogo Carmona

Instagram

Há muito que Diogo Carmona tem uma relação conturbada com a mãe e toda a família materna, que, inclusivamente, já enfrentou em tribunal, mas quando tudo parecia correr com os avós paternos, com quem vivia desde o ano passado, eis que foi dado o alerta que o ator tinha saído de casa e ninguém sabia do seu paradeiro.

A situação acabou por ser esclarecida pelo próprio, através da sua página no Instagram. "Na semana passada saiu numa revista que não se sabia do meu paradeiro, eu só quero desmentir isso", começa por explicar o jovem, visivelmente incomodado com estas notícias. "Não estou desaparecido. Estou a morar sozinho e eu sou uma pessoa que gosta de manter a privacidade, então acho que ninguém tem nada a ver com isso", esclarece, antes de concluir: “Quando vocês lerem num título ou numa revista: família de Diogo Carmona, duvidem. Isto é só gente que está a tentar ter fama às minhas custas".

A primeira entrevista de Diogo Carmona depois do acidente

A reação da mãe do jovem à entrevista

Recorde-se que a má relação com a mãe, Patrícia Carmona, começou quando Diogo Carmona atingiu a maioridade e ao aceder à sua conta bancária não tinha lá o dinheiro que, alegadamente, deveria ter tendo em conta que fez vários trabalhos em televisão na infância e adolescência. A troca de acusações começou na imprensa e acabou nos tribunais, com o ator a ser acusado de violência por parte da mãe e da avó materna.

Contudo, com os avós paternos, Diogo mostrava ter uma relação serena. Foi eles que o ampararam quando, em outubro do ano passado, foi atropelado por um comboio em Cascais, e sofreu ferimentos graves que obrigaram à amputação do seu pé esquerdo. Os motivos que levaram agora a este desentendimento são desconhecidos.