Cristiano Ronaldo com o filho mais velho, Cristiano

Cristiano Ronaldo com o filho mais velho, Cristiano

Instagram

Já se passaram dez anos desde o dia que Cristiano Ronaldo surpreendeu o mundo ao dar a notícia mais inesperada: tinha acabado de ser pai pela primeira vez. Foi, de facto, uma surpresa porque, na altura, o internacional português não tinha qualquer relacionamento assumido.

Elma, Dolores e Cristiano Aveiro

Elma, Dolores e Cristiano Aveiro

Getty Images

Contudo, isso não o impediu de realizar um dos seus maiores sonhos, com recurso a uma barriga de aluguer nos Estados Unidos. O pequeno Cristiano nasceu a 17 de junho de 2010 e desde o primeiro dia foi a avó materna, Dolores Aveiro, quem assumiu o papel de mãe, até porque o pai estava ao serviço da Seleção Nacional no Mundial da África do Sul e não pode viajar de imediato.

Cristiano Ronaldo com o filho mais velho, Cristiano

Cristiano Ronaldo com o filho mais velho, Cristiano

Instagram

Até então, o menino não tinha idade para conhecer ou até mesmo entender estas particularidades da sua história, mas isso poderá muito em breve. Pelo menos é esse o plano do internacional português. “Tenho a certeza que ele vai compreender a 100 por cento. Vou dizer-lhe quando sentir que é a altura certa. Quando ele tiver 10, 11, 12? Não sei, vamos ver. Quando ele crescer, dir-lhe-ei sempre a verdade porque ele merece, porque é meu filho”, garantiu Cristiano Ronaldo numa entrevista em 2015.

Georgina Rodríguez e Cristiano Ronaldo com os filhos

Georgina Rodríguez e Cristiano Ronaldo com os filhos

Instagram

Recorde-se que o melhor jogador de futebol do mundo sempre disse que a identidade da progenitora nunca seria tornada pública. Houve muita especulação na imprensa e, mais tarde, quando CR7 voltou a ser pai dos gémeos Eva e Mateo, em 2017 e precisamente da mesma forma, houve rumores de que teria sido a mesma mulher a gerá-los. Contudo, nunca houve qualquer confirmação.