Lea Michele foi acusada de racismo por uma ex-colega de trabalho, durante as gravações da série 'Glee'.

Depois de ter apoiado o movimento Black Lives Matter, Samantha Ware criticou a hipocrisia da colega, revelando atitudes racistas por parte de Lea.

Nas redes sociais gerou-se uma onda de polémica e não tardaram a surgir duras críticas a Lea Michele que viu inclusive uma parceria com a HelloFresh ser cancelada. Confrontada com a situação, a atriz acabou por deixar um pedido de desculpas na sua conta oficial do Instagram.

"Uma das lições mais importantes das últimas semanas é que precisamos de ter tempo para ouvir e aprender sobre as perspectivas de outras pessoas e sobre qualquer papel que tenhamos desempenhado ou qualquer coisa que possamos fazer para ajudar a solucionar as injustiças que enfrentam", começou por escrever. "Quando fiz um tweet no outro dia, era para ser uma demonstração de apoio aos nossos amigos e vizinhos e comunidades de cor durante esse período realmente difícil, mas as respostas que recebi à minha publicação fizeram-me também pensar especificamente no meu próprio comportamento em relação a outros colegas", continuou revelando que não se lembra especificamente das acusações de Samantha. "O que importa é que eu claramente agi de maneiras que magoaram outras pessoas. (...) Peço desculpas pelo meu comportamento e por qualquer dor que tenha causado. Nós todos podemos crescer e mudar, e eu realmente usei estes últimos meses para refletir sobre as minhas próprias falhas".