Os últimos meses não têm sido fáceis para o ator Ângelo Rodrigues que, agora, se viu submetido à sua oitava cirurgia, devido a um infeção na perna, que já o havia forçado a “isolamento” e deitado no cama de hospital. Foi assim mesmo, deitado numa cama hospitalar, que o rosto da SIC se mostrou, para falar sobre os seus sentimentos e todas as adversidades que tem vencido.

"Hoje sou operado pela 8ª vez”, começou por escrever no Instagram, onde conta com 295 mil seguidores. "De que forma poderia eu transformar uma experiência negativa em algo positivo? Isto foi o farol que me guiou nos primeiros meses pós hospital. Hoje volto a reviver a 1ª experiência de isolamento contra a minha vontade. Mas não é o resultado da cirurgia que inquieta este homem com mais operações que a Lava Jato”, brincou.


Ângelo, de 32 anos, ainda deu a conhecer aos fãs outro grande desafio pelo qual passou, durante a longa recuperação: Chegar ao seu próprio quarto.

"Dezassete escadas separam o hall de entrada da minha casa e o meu quarto - cada uma do tamanho dos meus fantasmas. Sentar-me com eles talvez tenha sido uma das decisões mais sensatas da minha vida. São gajos fixes e, o melhor, domesticáveis. A minha visão de túnel evidencia ainda mais a minha mira - o meu quarto. Hoje inicio a segunda fase de reconstrução da minha perna. Esta, que sapateou entre a vida e a morte, vai mais uma vez ser salva ao tentar-se reduzir os 27 cms do enxerto cravado na minha pele, corrigindo possíveis complicações. Nada disto atrasará um das minhas duas metas: dançar como o Chaplin no “Tempos Modernos” e fazer um sprint com um atleta de alta competição. Como há babuínos com mais expressividade do que eu a dançar, a 2ª opção tem de ser possível. Sinto que é a isto que sabe a matéria dos vencedores. É que ter uma meta no horizonte é como atirar carne a um tigre, ele só vai parar quando ficar satisfeito”, explicou o ator.

No final da sua publicação, Ângelo Rodrigues ainda assumiu ter medo e viver um momento de vulnerabilidade. Na caixa de comentários não tardaram a surgir dezenas de mensagens de apoio.