Sofia Ribeiro

Sofia Ribeiro

Instagram

Para acabar com os rumores em torno do fim da sua relação com o empresário João Almeida Henriques, Sofia Ribeiro deixou um longo desabafo nas redes sociais a explicar o que ditou a separação.

“Ponderei bastante antes de partilhar isto com vocês. Pelo momento que estamos a viver no mundo e esse sim merece atenção. Porque estou triste, tenho tentado ‘disfarçar’ sem grande sucesso é facto, uma vez que a última coisa que me apetecia era tocar neste assunto. Porque há coisas que não apetece a ninguém partilhar nem a mim. Porém, na expectativa de sossegar o tema e a mim também e no seguimento das últimas ‘notícias’ e perguntas que me vão chegando das mais diversas formas, confirmo que a relação que vivia há quase dois anos, terminou”, começou por esclarecer a atriz da TVI.

“O que aconteceu não terá sido muito diferente do que acontece nas vossas vidas. Por um, ou por outro motivo, todos os dias, pessoas decidem seguir caminhos diferentes. Se imaginei que seria este o desfecho? Não. Muito pelo contrário! A minha casa construía-se aqui. Só que por vezes, há coisas que nos ultrapassam. Uma relação dá muito trabalho, não é para todos”, reconheceu, antes de parabenizar os “que resistem e seguem cuidando-se”.

“Quero mesmo um dia lá chegar. Estou por tudo isto, naturalmente muito triste. Desisti? Aceitei. Não desisto, nem nas piores ‘batalhas’ que a vida me vem propondo, não era agora! Mas a vida que desafia é a mesma que vem ensinando que a dois, a dois se caminha. A dois se conversa, se cultiva, se constrói. Ou não... E deixa de fazer sentido”, explicou ainda Sofia Ribeiro.

Este é, obviamente um momento delicado e, por isso, a atriz pede que o assunto seja tratado com respeito. “Peço que pelo carinho e respeito que sei que têm, não toquem na ferida. Não há inimigos nesta história, não há zangas aparatosas, não há escândalos. Há apenas duas pessoas que se perderam no meio do caminho. Quem nunca não é? Cada uma sabe de si e Deus sabe de todos! Cuidemos todos das nossas vidas o melhor que podemos e em consciência. Dias melhores virão. Para todos! Vêm sempre. Haja saúde🤍”, concluiu.